sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Barack Obama ganha prêmio Nobel da Paz de 2009




O presidente dos EUA, Barack Obama, venceu o Prêmio Nobel da Paz na edição 2009. O anúncio, que provocou surpresa, foi feito nesta sexta-feira (9), em Oslo, na Noruega, pelo comitê do Nobel.

O prêmio foi concedido por conta dos apelos do presidente pelo desarmamento nuclear e por seu trabalho pela paz mundial.

"O comitê deu muita importância à visão e aos esforços de Obama na perspectiva de um mundo sem armas nucleares", disse o presidente do Comitê Nobel da Noruega, Thorbjoern Jagland. "Muito raramente uma pessoa com a influência de Obama capturou a atenção do mundo e deu às pessoas a esperança de um futuro melhor."

O comitê também citou por os "esforços extraordinários" do democrata "para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos".


O comitê não deu o telefonema tradicional para avisar Obama da premiação. Mas não adiantou: Obama foi acordado de madrugada por uma ligação do porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, com a notícia. Ele se disse "honrado" com a escolha do comitê.


Surpresa

Analistas americanos consideram que a premiação não era esperada pelo governo americano.

A primeira reação demorou quase duas horas. A ala oeste da Casa Branca, de onde Obama comanda o país, ficou por muito tempo às escuras.

9 comentários:

  1. Penso que ele não merceu este prêmio na minha opinião!

    ResponderExcluir
  2. Concordo, se ele quer desarmar o mundo, porque ele não começa desarmando os Estados Unidos?

    ResponderExcluir
  3. acho que ninguem devia ganhar o nobel da paz comandando guerras,acho isso muito ilusorio e hipocrita,sera q o envio de mais homens ao iraque nao chegou pra afastarem o Obama????perguntem as iraquianos se o Obama merece esse posto.

    ResponderExcluir
  4. Também penso, como é que alguem pode ganhar o prêmio Nobel da paz comandando guerras?

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito Feliz com a escolha. Obama tem dado provas suficientes de ser uma pessoa diferente,que usa de bom senso, humildade, de uma grande sensibilidade e inteligência. SABEDOR DAQUILO QUE O MUNDO PRECISA VIVER EM PAZ.

    ResponderExcluir
  6. Nobel infame

    O Nobel da Paz para Barack Obama é uma brincadeira de mau gosto. Nada muito destoante dos condecorados anteriores, com a diferença de que o estadunidense nem precisou fingir que trabalhava para “fortalecer a diplomacia internacional e cooperação entre os povos” – primeiro porque não teve tempo e segundo porque não quis.
    Ele é responsável pela sobrevivência de um campo de concentração e duas guerras injustificáveis, espalhou bases militares na América Latina e silencia perante um golpe de Estado a poucas horas de Miami.
    Mas o comitê sueco quis enfraquecer o reacionarismo obtuso dos adversários do presidente. Aproveitou o grande marco histórico de sua vitória para lhe estender um salvo-conduto ainda mais duradouro e temerário que o já concedido pela provinciana imprensa mundial.

    Dylan-Lá

    Bob Dylan, descubro estupefato, concorre quase todo ano ao prêmio de literatura. Sua nova indicação, com apoios importantes, anuncia que a homenagem pode voltar a considerar apenas a importância da obra, não contingências político-biográficas. É só o velho bardo resistir mais alguns anos; o churrasco está marcado.

    ResponderExcluir
  7. Um prêmio de paz a quem financia o caos pelo mundo!!!

    ResponderExcluir
  8. Cada coisa, Obama Nobel da paz, isto é uma piada?

    e aqueles que morrem realmente "lutando" (sem armas, nem bombam como o obama) onde ficam? quem os homenageia?

    ResponderExcluir
  9. acha que ele merece pois litou para cpmquistar e se conquistou é porque esta fazendo a diferencça.Parabéns Barack Obama

    ResponderExcluir